Nevada (EUA) homologa caminhão autônomo

Os Estados Unidos já têm um caminhão autônomo – que pode rodar por estradas sem uma constante condução humana. O Estado de Nevada homologou o Freightliner Inspiration Truck, primeiro com esta tecnologia a conseguir licença para uso em estradas públicas. De acordo com a Daimler Truck, detentora da marca norte-americana Freightliner, o inovador caminhão é […]

Caminhão que roda sem a constante interferência humana

Os Estados Unidos já têm um caminhão autônomo – que pode rodar por estradas sem uma constante condução humana. O Estado de Nevada homologou o Freightliner Inspiration Truck, primeiro com esta tecnologia a conseguir licença para uso em estradas públicas.

De acordo com a Daimler Truck, detentora da marca norte-americana Freightliner, o inovador caminhão é o primeiro passo rumo à produção em série do Highway Pilot, sistema que permite o caminhão a realizar muitas atividades sozinho. O estado de Nevada certificou dois caminhões Freightliner Inspiration Truck para operações regulares em rodovias públicas.

Em julho do ano passado, a Daimler Trucks já havia realizado a primeira demonstração ao mundo de um caminhão autônomo em ação, quando o Mercedes-Benz Future Truck 2025 rodou em um trecho isolado da rodovia expressa A14 próxima a Magdeburg, na Alemanha.

O caminhão autônomo toma por base um modelo de produção em série nos EUA, o Freightliner Cascadia, com o acréscimo do Highway Pilot. Esta tecnologia compreende um radar dianteiro, sensores inteligentes e uma câmera estéreo, mais os sistemas já testados e aprovados de assistência à condução, como o “Adaptive Cruise Control” (piloto automático adaptável), já disponível para modelos de linha do Freightliner Cascadia e do Mercedes-Benz Actros.

Para obter licença para as estradas públicas de Nevada, a tecnologia foi ainda mais aprimorada e a interação dos componentes foi extensivamente testada. Na chamada “viagem maratona” do caminhão, o Freightliner Inspiration Truck rodou mais de 16 mil quilômetros em um circuito de teste de Papenburg, na Alemanha.

O Highway Pilot utiliza uma câmera estéreo complexa e sistemas de radar com as funções “lane-keeping” (manutenção na faixa de rolagem) e “collision-prevention” (prevenção de colisões). Ele regula a velocidade, aplica os freios e dirige.

Essa combinação de sistemas cria um veículo autônomo que consegue operar com segurança em uma ampla variedade de condições de condução – o caminhão automaticamente cumpre os limites de velocidade informados, ajusta a distância a ser mantida em relação ao veículo que vai à frente e usa a função de parada/partida durante a hora do rush.

O caminhão do futuro ainda não prescinde totalmente do motorista. A tecnologia, por exemplo, não dá início às manobras de ultrapassagem sem o comando do condutor. O mesmo se aplica para sair da rodovia e mudar de pista.

Por meio da interface do usuário, o sistema Highway Pilot mantém o motorista visualmente informado sobre sua situação do momento e aceita instruções. O motorista pode desativar o sistema manualmente e consegue retomá-lo  a qualquer momento, voltando a ter controle total sobre o veículo.

Se o caminhão não puder mais processar aspectos cruciais do seu entorno, devido a obras na estrada ou mau tempo, por exemplo, o motorista é avisado para reassumir o comando. Além de um alerta visual no painel de instrumentos como também um aviso sonoro subsequente na cabine.

Para a empresa, a condução autônoma alivia os motoristas de tarefas cansativas e monótonas nas rotas de longo percurso, que hoje representam uma parte importante de sua carga de trabalho. Isso criará oportunidades deles se tornarem gestores de transporte. A atividade profissional ficará então mais atraente, além de ser uma resposta à atual escassez de motoristas.

 

 

 

Por