ABCR comemora 20 anos de concessões de rodovias com nova logomarca

Foto aérea Rota das Bandeiras

O modelo de concessão de rodovias adotado pelo Brasil está completando 20 anos e soma investimentos que ultrapassam R$ 43 bilhões. Desde junho de 1995, data da assinatura do primeiro contrato, para administração da Ponte Rio-Niterói, cuja concessão será renovada por mais 30 anos, as concessões de rodovias passaram por processos de amadurecimento e adequação às necessidades que foram mudando ao longo dos anos.

“As concessões de rodovias trouxeram grandes benefícios para a infraestrutura de transportes e já se consolidaram como modelo de eficiência comprovada”, afirma Ricardo Pinto Pinheiro, presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). “Acredito que temos muito a comemorar porque a sociedade já tem a certeza de que o programa de concessão de rodovias é uma alternativa eficiente para investimentos em infraestrutura de transporte. Uma das grandes provas disso foi a renovação da concessão da Ponte Rio-Niterói. Conduzido de forma transparente, com audiências públicas, reunião participativa, leilão com propostas competitivas e presença de importantes empresas do setor, o processo de renovação foi bem sucedido”, complementa.

No ano passado, de acordo com a ABCR, foram injetados R$ 6,9 bilhões no setor e a previsão é de investimentos na ordem de R$ 55 bilhões nos próximos cinco anos. “Há, no entanto, muito ainda por fazera. Como todos sabem, nossa infraestrutura é carente de investimentos massivos e precisamos ampliar as concessões, porque este é um modelo de resultados comprovados. As 20 melhores rodovias do País são todas concedidas, de acordo com a última Pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte)”, avalia Ricardo.

O novo pacote de concessões do governo federal deverá ser lançado em junho, conforme anúncio feito recentemente pela presidente Dilma Rousseff. O governo quer atrair a iniciativa privada para que os investimentos em infraestrutura possibilitem a retomada do crescimento da economia. Segundo comunicado da ABCR, a entidade está confiante na continuidade do programa de concessões de rodovias em 2015. “Considerando parâmetros adequados de retorno, financiamentos e segurança para investidores, a ABCR enxerga um futuro bastante favorável para o segmento. Vamos, portanto, aguardar que o governo lance o novo pacote, considerando essas importantes premissas que fomentam a saudável concorrência”, declara Pinheiro.

logomarca da ABCR

Em comemoração aos 20 anos do programa de concessões e como forma de marcar uma nova fase da entidade, a ABCR lançou uma nova logomarca, com elementos gráficos que simbolizam o trabalho da associação com governo, concessionárias e opinião pública na defesa dos interesses dos associados, da sociedade, da infraestrutura de qualidade e do trabalhando pelo crescimento do setor.

Para marcar essa renovação, a ABCR também apresentou um plano estratégico, elaborado a partir da análise de tendências do setor de transporte rodoviário para os próximos anos, feito pela empresa de consultoria Mckinsey.

 

Veja também

Por