Videomonitoramento do transporte metroferroviário

A elaboração de um estudo que poderá ajudar a implementar um sistema de monitoramento por vídeo, em tempo real, no sistema de transporte metroferroviário de passageiros do país começou a tomar forma esta semana com a assinatura de um acordo entre a Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos) e a U.S. Trade and Development Agency  (USTDA), em cerimônia realizada na Embaixada dos Estados Unidos em Brasília.

No valor de US$ 650 mil, o acordo prevê a realização de estudos que envolvem o videomonitoramento embarcado nos trens de passageiros do Brasil. Os trabalhos serão focados na área de comunicação operacional, com enfoque na parte regulatória, técnica e tecnológica para a transmissão, em tempo real, das imagens dos trens de passageiros para os Centros de Controle Operacional (CCO), interligados com sistemas de segurança pública.

“Esse estudo vai beneficiar não só os operadores metroferroviários, mas principalmente os usuários dos sistemas de transportes de trens de passageiros no Brasil e também os formuladores de políticas públicas, que poderão utilizar o estudo como base para a formulação de políticas públicas na área de transporte urbano, convergindo com as tendências mundiais”, explicou Roberta Marchesi, superintendente da ANPTrilhos. A previsão é que o estudo fique pronto no primeiro semestre de 2016.

De acordo com Roberta, o convênio tem como objetivo avaliar as tecnologias mundiais e as tendências futuras para a transmissão de dados, em tempo real, das câmeras embarcadas nos trens e as possibilidades de frequências de comunicação a serem utilizadas, considerando as políticas regulatórias brasileiras.

Nathan Younge, diretor para a América Latina e Caribe da USTDA, destacou que a mobilidade urbana é um desfio em todas as partes do mundo e que essa é uma excelente área para cooperação técnica entre os países. “Estamos muito satisfeitos com esse avanço de cooperação”, disse ele.

“A segurança dos passageiros é uma questão fundamental para a mobilidade urbana em todo o mundo. Com isso, o Governo dos Estados Unidos está muito feliz pela oportunidade de cooperar com a ANPTrilhos ajudando a implementar um sistema de monitoramento de vídeo em tempo real para os sistemas de transporte metroferroviário de passageiros no Brasil”, destacou Andrew Bowen, ministro conselheiro da Embaixada dos Estados Unidos.

A solenidade de assinatura contou com a presença de Enrique Rick Ortiz, ministro conselheiro para assuntos comerciais da Embaixada dos Estados Unidos; Andrew Gately, adido comercial da Embaixada dos Estados Unidos; Lindsey Zuluaga, da seção econômica da Embaixada; Rodrigo Mota, representante da USTDA no Brasil; e Fernanda Adjuto, relações governamentais e institucionais da ANPTrilhos.

Veja também

Por