Agrale começa produzir os chassis de ônibus no Espírito Santo

A Agrale começou a produzir as primeiras unidades de chassi de ônibus na cidade de São Mateus, no Espírito Santo. Os veículos foram entregues para a Volare, divisão de miniônibus da Marcopolo, que montará na mesma cidade o ônibus urbano W9.

A montagem dos primeiros chassis começa de forma provisória em um pavilhão arrendado no bairro de São Benedito, onde será construído o novo complexo industrial da Agrale. “Como ainda dependemos da obtenção das respectivas autorizações legais para a construção da fábrica, decidimos, para atender ao planejamento de iniciar as operações em 2015, locar um pavilhão para começar a produzir”, esclarece Hugo Zattera, diretor-presidente da Agrale.

A nova unidade da Agrale, em São Mateus será construída em terreno de cerca de 400 mil metros quadrados de área, tendo na primeira fase dez mil metros quadrados dedicados para as instalações fabris, além de uma pista para teste e desenvolvimento de veículos. O investimento previsto é de cerca de R$ 40 milhões até a execução total do projeto.

A unidade contará ainda com centro de treinamento e de distribuição de peças, o que permitirá à Agrale estar próxima de seu principal parceiro e cliente – a Volare, que iniciou a produção no Espírito Santo no início deste ano – e dos mercados do Sudeste e do Nordeste do país, diminuindo os atuais custos logísticos. Esta fábrica deverá gerar aproximadamente 200 novos empregos diretos e irá produzir, gradativamente, toda a linha de veículos da marca.

Com a nova unidade industrial de São Mateus, a Agrale constitui sua quinta unidade produtiva, das quais três estão em Caxias do Sul, e uma na Argentina.

Veja também

Por