Roteirização reduz em 28% custo operacional da RV Ímola

Especializada em logística para a área de saúde, a RV Ímola criou um novo projeto  de  roteirização  que  resultou  em uma economia de 28% em seu custo operacional. Chamado de Projeto Panamá, a empresa instalou um hub na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, para criar um pulmão no meio do caminho de sua linha São Paulo – Goiânia – São Paulo. Antes desse novo centro, a carga partia de Goiás para São Paulo e depois ia para o interior do estado. Agora, com o novo pulmão, a empresa já descarrega em Ribeirão Preto o que vai ser distribuído no interior de São Paulo e depois segue para Goiânia. O remanejamento no roteiro dessa linha começou em agosto e resultou em 28%  de  redução  no  custo  operacional da RV Ímola, além de maior agilidade no trabalho. A melhora no prazo de entrega foi um dos maiores trunfos desse projeto,  uma  vez  que  o  tempo  de  entrega diminuiu em 24 horas.

Diante do resultado positivo dessa primeira experiência, a operadora já estuda expandir esse projeto para outras linhas. Para otimizar a operação, a empresa usa uma frota de veículos de diferentes tamanhos, carretas de transferência, para dar maior flexibilidade, e quando há uma operação direta, sem transferência no meio do caminho, utiliza um único veículo grande refrigerado.

Ao todo, a frota é composta por 180 caminhões próprios e para o próximo ano está prevista a renovação de 100% da frota, em duas etapas: 50% em março e 50% em setembro.

Por força dos contratos de cargas com temperatura controlada, a empresa trabalha com veículos próprios, mas, quando precisa, usa carros terceirizados. Com o ganho de produtividade do novo projeto de roteirização, pretende desfazer-se de cerca de 30 veículos.

Leia  a matéria  completa  na revista Transporte Moderno nº479 no  Acervo Digital OTM

Veja também

Por