Mercedes-Benz volta à liderança no mercado de caminhões

Mesmo com o forte declínio no volume de vendas de veículos comerciais no mercado brasileiro, a Mercedes-Benz fecha 2016 celebrando a preferência dos clientes pelos seus produtos, comprovada pelo aumento de participação em todos os segmentos (caminhões, ônibus e comerciais leves).

Com o encerramento de mais um ano, a empresa mantém sua tradicional posição de liderança nas vendas de veículos comerciais no país. “Claro que o mercado brasileiro precisa de maiores volumes de vendas. Contudo, esse aumento de market share reflete a nova postura da Mercedes-Benz e da rede de concessionários retratada no slogan: As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve”, comenta Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.

Philipp Schiemer: o aumento de market share reflete a nova postura da Mercedes-Benz

“Ao longo das seis décadas, nós aprendemos a lidar com a realidade do transporte no Brasil; afinal, oferecemos produtos para rodar o imenso território nacional, de Norte a Sul, atendendo às necessidades tanto dos transportadores quanto dos motoristas, seja nas cidades, nas estradas ou nas vias fora de estrada”, afirma Schiemer.

O executivo informa, ainda, que mesmo diante da retração de três anos do mercado brasileiro, a montadora mantém sua filosofia de pensar nas necessidades futuras do transporte. Nesse sentido, a Mercedes-Benz tem trazido novos investimentos ao país. “Estamos investindo R$ 730 milhões para modernização e ampliação de nossas fábricas de veículos comerciais de São Bernardo do Campo e Juiz de Fora, entre 2015 e 2018, além de R$ 70 milhões para construção do nosso campo de provas de veículos comerciais em Iracemápolis, cidade onde também inauguramos, este ano, a nossa fábrica de automóveis, que demandou mais de R$ 600 milhões. ”

Preferência dos clientes – Independentemente da situação do mercado, a Mercedes-Benz não deixou de lançar novos caminhões, ônibus e comerciais leves em 2016, assim como novos produtos e “Os diversos lançamentos de produtos e serviços demonstram claramente que não deixamos de pensar e, principalmente, de atender as demandas dos nossos clientes. Estamos cumprindo aquilo que prometemos”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing & Peças e Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. Brasil “O aumento de participação de mercado é o melhor e mais gratificante retorno que podemos receber.

Aumentamos nosso market share em caminhões, de 26,7% em 2015 para 29,6% em 2016. Em ônibus, saltamos de 52,5% no segmento acima de 8 toneladas, em 2015, para 58,4% neste ano. E no segmento de comerciais leves (vans, furgões e chassis com cabina), crescemos de 24,5% em 2015 para 26,6% em 2016.”

Leia  mais  na revista Transporte Moderno nº480 no  Acervo Digital OTM

 

Veja também

Por