Sempre em evolução

A bilhetagem eletrônica é fundamental para qualquer iniciativa que busque mais eficiência nos sistemas de transporte público e que vise contribuir com o incremento da mobilidade urbana. Este sistema, que a cada dia agrega novas tecnologias e funcionalidades, fornece dados e informações valiosos aos gestores e operadores das frotas. As empresas do setor desenvolvem soluções para possibilitar maior controle das operações, mais conforto e satisfação aos usuários, uso racional dos veículos, redução de gastos operacionais e combate às fraudes.

Para controlar os benefícios e gratuidades, a tecnologia de biometria facial tem sido a preferida pelos operadores brasileiros. No Rio de Janeiro, a frota da capital e da região metropolitana optou pelo sistema, após a avaliação dos produtos disponíveis. O TransÔnibus realizou testes comparativos e detalhados das soluções. “Representamos atualmente 32 empresas com a frota total de 3,6 mil veículos. Desse universo, 70% fizeram opção pela câmera e sistema Prodata Mobility Brasil e 30% pelo produto da Empresa1”, informa Jorge Murilo dos Santos Corrêa, superintendente da entidade, que reúne empresas de ônibus da região de Nova Iguaçu, São João de Meriti, Nilópolis, Belford Roxo e Mesquita.

Segundo Corrêa, os novos equipamentos vieram para dar garantia de que a utilização das gratuidades e dos outros benefícios será feita por aqueles que de fato têm esse direito. “Essa solução tecnológica busca mitigar a injusta e nociva evasão de receita, que acaba por sobrecarregar a formação tarifária. Todos os esforços empresariais estão sendo desenvolvidos para que a frota total esteja adequada e os sistemas em plena operação até o fim do ano”, completa.

Em Jundiaí, interior paulista, a Cittati, em parceria com a Prodata Mobility Brasil, está utilizando os dados de localização obtidos diretamente do validador para alimentar o Gool System, o sistema da Cittati de gestão e monitoramento de frotas. Assim, nenhum novo hardware foi necessário para a operação do centro de controle operacional das empresas de transporte. Com a utilização do validador como gerador de dados de localização, não há mais a necessidade de instalação de novos equipamentos no ônibus, diminuindo a complexidade e o custo tanto de implantação quanto de manutenção do projeto.

Nessa parceria, a Prodata fornece o sistema de bilhetagem (software e hardware) e a Cittati fornece a solução de gestão e monitoramento de frota, o sistema Gool System. “O grande diferencial do projeto é o sistema Prodata embarcado no  validador,  que  captura e envia posições à infraestrutura em nuvem Cittati, bem como uma nova inteligência de recepção de dados sobre posicionamento de diferentes fontes. A utilização de um equipamento único reduz o custo de manutenção de toda a solução de ITS, levando uma vantagem direta para as empresas de transporte”, informa Cesar Olmos, diretor de TI da Cittati.

Leia  mais  na revista no  Anuário do Ônibus e da Mobilidade Urbana no  Acervo Digital OTM

Veja também

Por