Volkswagen vence mais uma licitação do Caminho da Escola

A empresa ganhou a concorrência em três categorias – Ônibus Rural Escolar (ORE1 e ORE3) e Ônibus Urbano Escolar Acessível (Onurea) – e se prepara para entregar 3.400 veículos dos 6.000 micro-ônibus licitados

A Volkswagen Caminhões e Ônibus é mais uma montadora a oferecer os seus veículos para o programa Caminho da Escola. Dos 6.000 micro-ônibus disponibilizados para a compra pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia ligada ao Ministério da Educação, após a licitação aberta no final do ano passado, 3.400 veículos são da marca Volkswagen.

A Volkswagen venceu a concorrência com três modelos diferentes de ônibus escolares.

Do total de veículos que a empresa disponibilizará para as prefeituras e os estados, 3.200 unidades são de ônibus rural escolar, sendo 1.600 unidades na categoria ORE1 e 1.600 unidades na ORE3. Na categoria Ônibus Urbano Escolar Acessível (Onurea) oferecerá 200 veículos, de um total de 400 ônibus licitados pelo FNDE.

O modelo que atende à especificação ORE1 é o Volksbus 8.160 ODR, de oito toneladas com carroceria Neobus TH Way, com tração 4×2. Este veículo está equipado com Dispositivo de Poltrona Móvel (DPM) e tem capacidade para transportar 29 passageiros.

O modelo ORE 3 é o Volksbus 15.190 ODR , de 15 toneladas com carroceria Marcopolo Sênior e tração 4×2. Este veículo é o maior da categoria, com capacidade para 59 pessoas. Também está equipado com DPM e foi projetado para garantir maior conforto e segurança aos estudantes, além da manutenção mais fácil e o menor custo operacional para o frotista.

O ônibus que se enquadra na categoria Onurea é o Volksbus 8.160 OD com carroceria Neobus TH Way, piso alto, tração 4×2 e acessibilidade por meio do dispositivo de poltrona móvel. Este veículo tem capacidade para transportar 30 alunos.

Os chassis são produzidos na fábrica da MAN Latin America em Resende (RJ) e as carrocerias são feitas na fábrica da Marcopolo de Caxias do Sul (RS) e da Neobus de Duque de Caxias (RJ). Os veículos poderão ser adquiridos pelas prefeituras e estados de todo o país até abril do próximo ano.

“Desenvolver veículos que já permitiram o acesso de milhões de estudantes à educação ao longo desses onze anos é extremamente gratificante. E sem dúvida coroa a trajetória de 25 anos da família Volksbus no mês de seu aniversário, celebrando o know-how de produção brasileiro, transportando sonhos e o futuro do país”, comenta Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.

Com esse lote de veículos, a MAN Latin America amplia a sua participação no Caminho da Escola do qual é parceira há onze anos, passando de um volume atual de 16 mil veículos que transportam mais de 3,5 milhões de crianças nos lugares mais remotos do Brasil, atendendo cerca de cinco mil municípios, para 20 mil unidades.

A expectativa de Jorge Carrer, gerente executivo de vendas de ônibus da MAN Latin America, é que do total de 6.000 ônibus licitados pelo FNDE para o programa Caminho da Escola metade deverão ser entregues em 2018. Por ser um ano eleitoral os estados e municípios têm até o final de junho para receber os recursos do governo federal. “O Caminho da Escola deve aumentar a demanda por ônibus este ano e a MAN está se preparando para conseguir entregar os seus veículos no prazo determinado”, afirma Carrer. Em outubro, após as eleições, as compras de ônibus escolares voltam a ser liberadas para todo o país.

O programa Caminho da Escola foi criado em 2007 para renovar e ampliar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, ampliando, por meio do transporte diário, o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na educação básica da zona rural das redes estaduais e municipais.

O programa também tem por objetivo padronizar os veículos de transporte escolar, reduzir os preços dos modelos e aumenta a transparência das aquisições.

You may also like

By