BYD amplia venda de ônibus elétricos na Espanha

A empresa entregou 15 ônibus para Badajoz e tem encomenda de oito
veículos para Badalona, além de novos pedidos de Madri e Valência

A BYD entregou 15 ônibus 100% elétricos de 12 metros de comprimento para a cidade de Badajoz, no sudoeste da Espanha.
Segundo a empresa, esta é uma das maiores encomendas de seus veículos no país.
Os ônibus da BYD foram adquiridos para renovar a frota de modelos a diesel da Transportes Urbanos de Badajoz (Tubasa), operadora de transportes públicos, que pertence ao grupo Ruiz, considerado um dos principais do transporte rodoviário de passageiros da Espanha. Os veículos já estão operando na cidade.
Com os novos veículos da BYD, a cidade de Badajoz se torna o maior usuário de ônibus elétricos na Espanha, com a Tubasa operando o maior percentual de veículos elétricos na frota de transporte público na Europa.
Alimentados por baterias de fosfato de ferro-lítio da BYD, os ônibus possuem autonomia de 250 quilômetros entre as cargas, sendo que a recarga completa é alcançada em apenas quatro horas. A Tubasa instalou 15 pontos de recarga em sua base, na área industrial El Nevero.
“A Tubasa estabeleceu um claro compromisso com a operação livre de emissões em Badajoz”, declara Javier Contijoch, vice-presidente de vendas para a BYD Europe. “Estamos muito satisfeitos por a empresa ter escolhido a BYD como sua parceira. Demonstramos que a operação 100% elétrica proporcionará economia significativa de custo para a Tubasa e benefícios para os passageiros e o público em geral.”
A BYD também confirmou a encomenda de oito ônibus 100% elétricos de 12 metros para a cidade de Badalona, na província de Barcelona, com entrega prevista para breve, e novas encomendas de operadores de ônibus em Madri e Valência. A cidade portuguesa de Coimbra também está se preparando para receber oito ônibus da BYD, sinalizando a crescente demanda em toda a Península Ibérica por veículos elétricos da BYD livres de emissões.
Segundo Isbrand Ho, diretor-administrativo da BYD Europe, o potencial no mercado ibérico está crescendo rapidamente, com pedidos consecutivos da Espanha e de Portugal. “Até agora, confirmamos 32 ônibus elétricos, que serão entregues nos dois países até o verão de 2019, e temos confiança de que haverá mais por vir. Estamos satisfeitos que essas cidades já tenham escolhido os ônibus de emissão zero, que contribuem para a qualidade do ar.”
Adalberto Maluf, diretor de marketing, sustentabilidade e novos negócios da BYD Brasil, comenta que, assim como os Estados Unidos, a Espanha havia sido pioneira na inserção de ônibus híbridos, o que retardou a entrada dos elétricos naquele país. “Mas agora ambos os países se juntam ao Reino Unido, aos países escandinavos, à Austrália, ao Japão e à China, entre tantos outros que focam seus esforços nos ônibus elétricos puros. Esses exemplos servem como modelo para o Brasil, que não fez a transição aos híbridos e, portanto, poderá ir direto para a tecnologia mais eficiente e limpa, a elétrica a bateria.”
argentina – Para a Argentina, a BYD entregou um lote de 12 ônibus 100% elétricos, modelo K9. Os veículos foram embarcados no porto de San Antonio, no Chile, e chegaram à cidade de Mendoza no dia 23 de maio. Agora vão passar por verifi cação antes de entrar em operação.
Segundo a BYD, os ônibus K9 vão integrar a primeira frota de modelos elétricos na Argentina, sendo um marco importante na eletrificação do transporte público no país sul-americano.
Este projeto, que é resultado de esforços conjuntos entre o governo local, a empresa de ônibus argentina Andesmar (operadora local) e a BYD, é uma alternativa de transporte mais limpo e silencioso, que também melhora a qualidade dos serviços de transporte.
Os ônibus do modelo BYD K9 têm 12 metros de comprimento e são equipados com a mais avançada tecnologia de baterias de fosfato de ferro-lítio não tóxicas e à prova de fogo, além de motores elétricos acoplados nas rodas e freios regenerativos.
Os ônibus vêm equipados com ar-condicionado, assentos confortáveis e baterias que podem oferecer autonomia total em uma única carga.
As soluções de transporte zero emissão da BYD estão cada dia mais populares na América Latina, incluindo Brasil, Colômbia, Equador, Uruguai e, agora, Argentina.
Em dezembro de 2018, a BYD colocou em operação 100 ônibus totalmente elétricos do modelo BYD K9FE em Santiago, capital do Chile. Esses veículos fazem parte da maior frota de ônibus elétricos da América Latina. Além disso, em janeiro deste ano, a BYD venceu a licitação para fornecer à cidade
colombiana de Medellín a maior frota de ônibus 100% elétricos do país e a segunda maior frota da região.
No mundo, os ônibus, táxis e outros veículos elétricos da BYD estão presentes em mais de 300 cidades, 50 países e regiões em seis continentes.

Veja também

Por