Congresso mundial debate os avanços em mobilidade urbana

O mundo da mobilidade urbana reuniu-se em Estocolmo, na Suécia, de 9 a 12 de junho de 2019, para descobrir os novos caminhos para o transporte sustentável

Re Com o tema central “A arte do transporte público”, o Congresso Mundial da Associação Internacional de Transporte Público (UITP) teve lugar na capital da Suécia, Estocolmo, entre os dias 9 e 12 de junho e reuniu países 2.718 participantes de 81 países, entre autoridades e gestores de transporte, técnicos, especialistas em tecnologias de transporte e empresários do setor.

como operadores e fornecedores. A exposição realizada paralelamente no mesmo local contou com 474 expositores de produtos e serviços provenientes de 46 países atraiu 15 visitantes.

Durante o congresso mundial, os cerca de 300 palestrante mostraram o momento emocionante e positivo para o transporte público.

Na sessão inaugural, após os comentários do presidente da UITP, Pere Calvet, sobre o atual estágio do transporte público no mundo e os objetivos a serem alcançados pelos gestores do setor, o artista e animador Christoph Niemann mostrou como “um verdadeiro amor pelo transporte público” pode trazer cultura, propriedade e oportunidade em todas as nossas cidades. Com isso, a visão criativa para a mobilidade urbana continuou por toda parte, na sua visão.

O programa incluiu 53 sessões e eventos paralelos, já que este ano o tema especial “Redefinindo o Transporte Público” chamou a atenção com a série de minidocumentários relacionados com o transporte urbano e produzidos pela BBC StoryWorks que chegou as telas mundiais na semana seguinte ao evento.

Com uma exposição maior do que nunca, o alcance internacional da UITP estava em pleno destaque enquanto os 473 expositores exibiam seu trabalho e novos produtos, permitindo que a inovação ocupasse o centro do palco.

A diversidade também desempenhou um papel importante no congresso de 2019, com um evento paralelo sobre o emprego feminino no transporte público, com a campanha da UITP que firma a promessa de avançar com vozes femininas no programa: a edição deste ano contou com 126 mulheres palestrantes, representando 42% do total, mais que o dobro do congresso mundial de 2017, em Toronto, Canada.

No contexto da Assembleia Geral realizada no evento, a UITP reelegeu o presidente Pere Calvet, diretor geral da Ferrocarriles de la Generalitat de Catalunya (FGC), da Espanha, para outro mandato de dois anos.

“A liderança da UITP no setor só será mantida se continuar forcando seus próprios limites para alcançar novos patamares”, disse Calvet. “Porque, como você ouviu nas sessões, a definição de transporte público esta mudando e a UITP tem a responsabilidade de se mover um passo a frente do setor.”

Na cerimônia de encerramento, o secretário-geral da UITP, Mohamed Mezghani, resumiu as principais mensagens do congresso mundial em quatro pilares principais: Parcerias, Lugares, Desempenho, Pessoas.

O primeiro pilar, Parcerias, e unir forças para melhorar a mobilidade e melhorar o serviço, enfatizando a multiplicidade e a diversidade das partes interessadas na mobilidade que advogam conjuntamente os benefícios do transporte público. O segundo pilar, Lugares, refere-se as reflexões sobre as expectativas das pessoas em que o espaço urbano deve ser feito para pessoas e não veículos.

O terceiro pilar, Desempenho, trata de defender os benefícios do transporte público e, ao mesmo tempo, melhorar sua eficiência em esforços conjuntos para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável na acessibilidade urbana. O quarto e último pilar, Pessoas, diz respeito a nova mentalidade orientada para as pessoas a que o setor precisa se adaptar, colocando as pessoas no coração do transporte público, a medida que recebe seus serviços para melhor atender as suas necessidades.

“Em termos pessoais, estou orgulhoso do que a UITP conquistou ao lado de nossos filiados para o congresso Estocolmo 2019”, declarou Mohamed em seu discurso de encerramento. “Em nível profissional, estou convencido de que esta cúpula e um ponto de virada na forma como nos falamos sobre transporte público a partir de agora. Estou ansioso para dar os próximos passos.”

Veja também

Por