Novidades e modelos já consagrados

Lançamentos marcaram o encontro de fretamento, como o rodoviário elétrico da BYD, o Roma R6 da Mascarello e o Busscar El Buss 320L

A Feira de Negócios, que aconteceu paralelamente ao evento Fretamento 2019, em Atibaia (SP), foi uma excelente oportunidade para as empresas do setor conhecerem produtos e tendências em ônibus e serviços. A BYD lançou seu primeiro modelo rodoviário totalmente elétrico, com autonomia de 400 quilômetros e carregador rápido. “A homologação do veículo deve estar concluída até abril de 2020. Já fizemos as primeiras vendas aqui no evento, para empresas de fretamento e transporte rodoviário, principalmente as que atuam em percursos de curtas distâncias”, contou o diretor de novos negócios da empresa, Adalberto Maluf.

A Mascarello também fez o lançamento do novo Roma R6. “É um modelo marcado pelo requinte e pela versatilidade, que tem foco no mercado de turismo e fretamento.

O novo Roma mostra o amadurecimento da marca e a solidez da empresa”, ressalta a presidente da fabricante, Iracele Mascarello. O designer de produtos da companhia, Vladimir Vieira, informa que o veículo é mais leve, feito com aço de alta resistência, e tem linhas que facilitam a manutenção. “Enxergamos uma oportunidade no nicho dos pequenos e médios frotistas que atuam em médias distâncias”, diz. O Roma R6 tem várias opções de acabamento.

“A proposta é ser versátil e adaptar-se às necessidades e ao bolso do cliente. O R6 é uma evolução do Roma, agregando valor, com melhor dimensionamento, mais praticidade na hora da manutenção e excelente relação entre custo e benefício”, explica Vieira.

Além do Viaggio 1050 totalmente elétrico, em parceria com a BYD, a Marcopolo apresentou o Paradiso 1800 DD, com aplicação rodoviária e capacidade para 57 passageiros, mais motorista e auxiliar.

O ônibus possui sistema de ar-condicionado, dispositivo de poltrona móvel, sistemas de som e entretenimento, e tomadas USB em todas as poltronas. “Nosso objetivo em participar deste evento é apresentar as soluções focadas nos segmentos de turismo e fretamento, sempre apresentando inovações que representam mais eficiência”, destaca Rodrigo Pikussa, diretor do Negócio Ônibus da Marcopolo.

O Busscar El Buss 320L conta com motor dianteiro, utilizado comumente em rotas intermunicipais de pequena e média distância, fretamento eventual curto e contínuo para empresas e instituições de ensino. Entre os diferenciais do modelo está o conjunto ótico, com Led. A configuração interna pode variar de acordo com a necessidade da empresa.

A Volare trouxe seus Fly 10 e Fly 6 para o evento. De acordo com Sidnei Vargas, gerente comercial do Negócio Volare, o fretamento requer grande atenção em relação à personalização dos veículos para os diferentes nichos do segmento, com elevado padrão de acabamento, conforto e segurança.

ar-condicionado com comando no painel para o motorista, porta dianteira pantográfica, bagageiro traseiro passante e bagageiros laterais, sistema de segurança na porta, reprodutor de mídia instalado com preparação para instalação de dois monitores e também para wi-fi .

TECNOLOGIA – As inovações tecnológicas também marcaram presença no evento.

“Como fornecedores de tecnologia de gestão específica para esse segmento, temos a missão de contribuir com as pautas de inovação, pois o mercado nos reserva grandes mudanças, até comportamentais, diante da tecnologia e da digitalização no cotidiano. Isso porque ela interfere na percepção dos clientes sobre o serviço e, portanto, na competividade entre as empresas do setor”, diz Valmir Colodrão, CEO da Praxio.

Entre as tecnologias apresentadas na feira pela Praxio, estão o Sistema de Gestão Integrada (ERP) para empresas de todos os portes, incluindo pequenas e médias empresas do transporte rodoviário, os softwares para gestão de oficina, gestão de pneus e gestão de compras, bem como as plataformas de gestão de venda de passagens e gestão e envio de encomendas pelo bagageiro do ônibus para todo o Brasil.

O sistema de Business Intelligence para transporte passou a disponibilizar indicadores de gestão de insumos e serviços praticados por todo o mercado do transporte rodoviário, como custo por quilometragem por litro de combustível, desempenho de pneus por marca e valor do preço referencial de autopeças. Com esses dados, gestores do setor terão parâmetros comparativos que contribuirão para a elaboração de estratégias de desempenho.

A Buss foi outro destaque do evento. Criada em 2012, inicialmente como um aplicativo para passar dados sobre a operação para os passageiros de transporte público, a companhia desenvolveu uma solução para o operador de fretamento, que é utilizada por diversos clientes, como Coesa Transporte, TV Globo, Dell, Rio 2016, Petrobras. A Buss criou uma aplicação totalmente digital que possibilita o acesso à informação de maneira personalizada sobre o planejamento e a operação do serviço de transporte. Essa ferramenta é baseada em aplicativos para smartphones conectados a servidores em nuvem.

A solução gera um conjunto de serviços para passageiros, operadores e organizações, que incluem dados de viagem atualizados, com previsões de chegada em tempo real. Também disponibiliza informações detalhadas da operação histórica da viagem para departamentos e prestadores de serviço e ferramentas para que o operador ou prestador de serviço consiga atualizar a roteirização de forma eficiente.

O Volare Fly 10, com capacidade para 35 passageiros e motorista, tem 10.145 mm de comprimento, possui bagageiro, com 4.000 litros de capacidade e maior vão de acesso, dispositivo de transposição acessível, sistema de ar-condicionado de teto com dutos no porta-pacotes, itinerário eletrônico frontal, tomadas USB em todas as poltronas, sistema de entretenimento com DVD e preparação para monitor no porta- pacote, além de motor Cummins.

O Volare Fly 6 foi desenvolvido com foco no segmento de fretamento e turismo.

Com capacidade para 19 passageiros mais o motorista, possui comprimento de 7.920 mm, bagageiro com volume de 1,76 metro cúbico para malas e bagagens, poltronas executiva soft, sistema de ar-condicionado de 60.000 BTU, dispositivo de poltrona móvel, itinerário eletrônico frontal e porta pantográfica com acionamento pela chave do veículo.

A Caio apresentou o micro-ônibus F2400, na versão rodoviário/executivo, para curtas e médias distâncias. O veículo tem comprimento total de 8.940 mm e acomoda 18 passageiros sentados. Seguindo as normas vigentes relacionadas à acessibilidade, o F2400 é equipado com dispositivo de poltrona móvel, poltrona reservada para portador de deficiência visual, com espaço para acomodar cãoguia e pontos estratégicos com adesivos em braile.

O F2400 conta com ar-condicionado, geladeira, monitor conectado à central multimídia, porta-pacotes com difusor de ar, luz de leitura, iluminação e alto-falante, poltronas modelo rodoviário, com padrão de cores exclusivo; porta-copos e tomadas USB, para recarga de dispositivos móveis. Os passageiros podem usufruir também do sistema de internet wi-fi . O cockpit foi configurado com nova distribuição dos comandos, facilitando o acesso do motorista, e a base do painel em peça única.

A Neobus participou com o Spectrum 325, desenvolvido especialmente para os segmentos de fretamento e turismo. O objetivo da marca é fortalecer a sua presença neste momento de retomada do setor, registrada ao longo deste ano. “O Fretamento 2019 é muito importante, pois reúne as principais empresas e operadores de todo o Brasil. Representa uma oportunidade para consolidar a imagem e os diferenciais de robustez e conforto, além da facilidade de operação e funcionalidade do veículo”, afirma Douglas Cristiano Pessoa, supervisor de vendas da Neobus.

O Spectrum tem 12.700 mm de comprimento, 48 poltronas reclináveis de 1.025 mm de largura com cinto de segurança retrátil.

Para total acessibilidade, o veículo é equipado com dispositivo de poltrona móvel na porta do entre-eixos, sistema de ar-condicionado com comando no painel para o motorista, porta dianteira pantográfica, bagageiro traseiro passante e bagageiros laterais, sistema de segurança na porta, reprodutor de mídia instalado com preparação para instalação de dois monitores e também para wi-fi .

TECNOLOGIA – As inovações tecnológicas também marcaram presença no evento.

“Como fornecedores de tecnologia de gestão específica para esse segmento, temos a missão de contribuir com as pautas de inovação, pois o mercado nos reserva grandes mudanças, até comportamentais, diante da tecnologia e da digitalização no cotidiano. Isso porque ela interfere na percepção dos clientes sobre o serviço e, portanto, na competividade entre as empresas do setor”, diz Valmir Colodrão, CEO da Praxio.

Entre as tecnologias apresentadas na feira pela Praxio, estão o Sistema de Gestão Integrada (ERP) para empresas de todos os portes, incluindo pequenas e médias empresas do transporte rodoviário, os softwares para gestão de oficina, gestão de pneus e gestão de compras, bem como as plataformas de gestão de venda de passagens e gestão e envio de encomendas pelo bagageiro do ônibus para todo o Brasil.

O sistema de Business Intelligence para transporte passou a disponibilizar indicadores de gestão de insumos e serviços praticados por todo o mercado do transporte rodoviário, como custo por quilometragem por litro de combustível, desempenho de pneus por marca e valor do preço referencial de autopeças. Com esses dados, gestores do setor terão parâmetros comparativos que contribuirão para a elaboração de estratégias de desempenho.

A Buss foi outro destaque do evento. Criada em 2012, inicialmente como um aplicativo para passar dados sobre a operação para os passageiros de transporte público, a companhia desenvolveu uma solução para o operador de fretamento, que é utilizada por diversos clientes, como Coesa Transporte, TV Globo, Dell, Rio 2016, Petrobras. A Buss criou uma aplicação totalmente digital que possibilita o acesso à informação de maneira personalizada sobre o planejamento e a operação do serviço de transporte. Essa ferramenta é baseada em aplicativos para smartphones conectados a servidores em nuvem.

A solução gera um conjunto de serviços para passageiros, operadores e organizações, que incluem dados de viagem atualizados, com previsões de chegada em tempo real. Também disponibiliza informações detalhadas da operação histórica da viagem para departamentos e prestadores de serviço e ferramentas para que o operador ou prestador de serviço consiga atualizar a roteirização de forma eficiente.

Veja também

Por