Asia Shipping registra aumento de 35% em cargas transportadas

Os segmentos que mais impulsionaram esses resultado foram o automotivo, de eletroeletrônicos e farmacêutico-hospitalar, além dos produtos fotovoltaicos

A Asia Shipping termina o ano de 2021 com um crescimento de 35% em volume de cargas, movimentando cerca de 400 mil TEU. Os setores que mais contribuíram para esse resultado foram: automotivo, eletroeletrônicos e farmacêutico-hospitalar. Houve, também, uma movimentação maior de produtos relacionados à energia solar, que é uma grande aposta da multinacional brasileira.

Só este ano a companhia transportou cerca de um milhão de painéis na rota China-Brasil. Só para a Mazer, uma das principais distribuidoras de sistemas fotovoltaicos do país, foram 200 mil placas solares. No setor automotivo, cuja demanda vem crescendo ano a ano, a Asia Shipping se responsabilizou pelo transporte de mais de dez mil contêineres para grandes fabricantes internacionais.

Segundo Rafael Dantas, diretor de vendas da multinacional, “a crise energética elevou potencialmente a movimentação de peças e produtos fotovoltaicos e isso continuará sendo pauta no mercado nos próximos meses. Porém, a inserção de novos navios no mercado no próximo ano amenizará a falta de capacidade que vivemos nos últimos meses, mas o frete seguirá a mesma tendência de hoje, mas com alguns ajustes”.

Por