Setor de implementos rodoviários emplaca 163 mil produtos em 2021

O resultado atingido no ano passado representa um crescimento de 33,47% nas vendas no mercado brasileiro, enquanto as exportações registraram aumento de 120,68%

As fabricantes de implementos rodoviários registraram crescimento de 33,47% nas vendas do ano passado, com relação ao total de produtos emplacados em 2020. De janeiro a dezembro de 2021, foram vendidos 162,66 mil implementos, enquanto no ano anterior foram 121,89 mil produtos.

“Esse total confirma que mesmo no segundo ano de crise causada pela pandemia a indústria foi competente e soube aproveitar as oportunidades de mercado mantendo até o final a espiral de crescimento”, diz José Carlos Spricigo, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

Segundo a entidade, o ritmo dos negócios do setor de implementos rodoviários sofreu redução causada por fatores externos à indústria. “A eventual falta de matérias-primas e componentes foram empecilhos, mas as empresas acabaram achando soluções e eles foram contornados”, afirma Spricigo.

O segmento de reboques e semirreboques emplacou, no ano passado, 90,33 mil unidades, ante 67,4 mil produtos no mesmo período de 2020. O desempenho representa variação positiva de 34,03%.

O setor de carroceria sobre chassis entregou, de janeiro a dezembro de 2021, o total de 72,33 mil implementos, resultado 32,77% superior ao que foi apurado em 2020, quando a indústria distribuiu 54,47 mil produtos.

As vendas ao exterior apresentaram variação positiva de 120,68%. Por conta do ritmo de consolidação das informações do sistema de exportação brasileiro o total apurado até o momento corresponde a onze meses de 2021.

Assim, de janeiro a novembro do ano passado a indústria exportou 4,63 mil produtos. No mesmo período de 2020, foram entregues aos clientes no exterior 2,09 mil implementos rodoviários.

Por