Azul Cargo apresenta primeiro avião cargueiro Classe F do mundo

Em parceria com a LHColus Tecnologia, a Azul se torna a primeira companhia aérea no mundo a operar este tipo de aeronave, um jato E195 da Embraer

A Azul Cargo apresentou a primeira aeronave cargueira Classe F do mundo. A iniciativa inovadora desenvolvida pela Azul aconteceu em parceria com a LHColus Tecnologia em um projeto que passou por etapas de desenvolvimento conceitual, preparação da cabine, prova de conceito e voos de teste de desenvolvimento. A certificação final da aeronave, recebida em curto espaço de tempo na primeira semana de fevereiro, contou com a parceria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). 

Segundo a companhia, a adição dessa aeronave à frota de operação da Azul Cargo trará ainda mais flexibilidade e custo-benefício ​​à operação logística da empresa. “Beneficiando-se do baixo custo de viagem do avião combinado com 15 toneladas de capacidade de carga útil, o E195 Classe F ajudará a Azul Cargo a transformar a logística no Brasil.”

 “A Azul ajudou a dobrar o mercado de aviação brasileiro nos últimos 13 anos. Uma parte fundamental desse crescimento foram os jatos E195 da Embraer. Agora, com o lançamento do cargueiro E195 Classe F, pretendemos novamente transformar o mercado brasileiro, desta vez em logística”, afirma Abhi Shah, vice-presidente de receitas da Azul. “Com incomparável flexibilidade operacional, confiabilidade, acesso à variada infraestrutura aeroportuária, o E1 Classe F é a aeronave perfeita para oferecer uma vantagem competitiva a nossos clientes de logística. Com esta aeronave podemos realmente transformar e fazer crescer a logística no Brasil.” 

Izabel Reis, diretora da Azul Cargo, disse que ao longo das próximas semanas a companhia terá quatro aeronaves E195 com essa nova configuração. “Essas aeronaves trazem ainda mais flexibilidade para fortalecer a nossa malha e expandir os negócios logísticos para todo o país”, destacou.

“Além de todos os ganhos logísticos, essa inovação está alinhada com a estratégia ESG da Azul e com o compromisso de atingir emissões líquidas de carbono zero até 2045, já que cada cargueiro E195 reduz as emissões de carbono em 7.900 toneladas por ano e tem até três vezes mais capacidade em comparação com as versões anteriores da aeronave.”  

A categorização na Classe F significa que a aeronave é certificada para transportar cargas na cabine, em contêineres resistentes calor e ao fogo, com um sistema inovador de detecção de incêndio através de câmeras térmicas.  

O protótipo de aeronave, PR-AXW, realizou 12 testes de conceito, oito testes de barreira contra fumaça em solo e um voo de certificação com inspetores da Anac.

Por