Martin Sörensson, presidente da Scania Serviços Financeiros Brasil: “Pretendemos ampliar nossa participação por meio da combinação de empréstimos do Scania Banco e faturamentos realizados pelo consórcio”

O Scania Banco tem atualmente cerca de cinco mil clientes ativos com mais de 14 mil contratos em andamento. “Fechamos 2021 com mais de 25 mil ativos em nosso portfólio, o que corresponde a um crescimento em torno de 22% em relação ao ano anterior”, informa o executivo

Transporte Moderno – Como está a atuação do Scania Banco em 2022?

Martin SörenssonEstamos vindo de uma série histórica muito positiva no qual a Scania Serviços Financeiros representa cerca de 45% de todos os produtos faturados pela Scania no Brasil. 

Transporte Moderno – Para quanto a instituição pretende aumentar a participação no financiamento de veículos? 

Martin Sörensson – Em Serviços Financeiros, pretendemos ampliar nossa participação por meio da combinação de empréstimos do Scania Banco e faturamentos realizados pelo consórcio, o que daria um salto para 50%. Além disto, estamos trabalhando para ampliar a participação da Scania Corretora de Seguros com produtos inovadores como o Scania Connect, seguro que proporciona descontos na renovação baseados na nota de condução do veículo apurada pelo sistema de telemetria. Esse é o primeiro seguro com esse formato no setor de transportes. 

Transporte Moderno – O Scania Banco tem hoje quantos clientes ativos e quantos contratos vigentes? 

Martin SörenssonO Scania Banco tem atualmente cerca de cinco mil clientes ativos com mais de 14 mil contratos em andamento. 

Transporte Moderno – Qual o percentual de contratos renegociados pela Scania Banco no setor de ônibus em 2021 e no primeiro bimestre de 2022? Houve renegociações no setor de caminhões também?

Martin Sörensson No segmento de ônibus, tivemos 37% dos contratos vigentes em 2021 renegociados, e no início de 2022 ainda não tivemos renegociações. No segmento de caminhões, tivemos apenas uma renegociação, em 2021, mas no início de 2022 já se acumulam quatro contratos renegociados. 

Transporte Moderno – Como está a situação do mercado de ônibus hoje em relação ao pagamento dos financiamentos no segmento rodoviário, urbano, de fretamento e turismo? 

Martin Sörensson O segmento de ônibus foi um dos mais atingidos nesta pandemia. Foram dois anos muito difíceis e trabalhamos para dar suporte aos nossos clientes. Desde o último trimestre de 2021 o segmento vem reagindo bem, mas estamos distantes dos patamares de vendas pré-pandemia. 

Transporte Moderno – Como está o índice de inadimplência?

Martin Sörensson O índice de inadimplência vem apresentando tendência de alta desde setembro de 2021. Muitos clientes vêm sofrendo com a alta dos custos operacionais, principalmente com o impacto do custo do diesel. 

Transporte Moderno – Em 2021, quanto o Scania Banco liberou de recursos para o financiamento de veículos? 

Martin Sörensson Foram quase R$ 4 bilhões financiados, o que corresponde a um aumento de 79% em relação a 2020. 

Transporte Moderno – O que ajudou neste aumento? 

Martin Sörensson – Este crescimento foi proporcional ao grande aumento nas vendas de caminhões ocorrido em 2021, quando a equipe comercial do Scania Banco atuou de forma antecipada às demandas de nossos clientes junto à rede de concessionárias. Houve também a evolução do ticket médio dos produtos que impactou nesta elevação. 

Transporte Moderno – Do total de recursos disponibilizados pelo Scania Banco em 2021, quanto foi para caminhões e quanto para ônibus? 

Martin Sörensson A maior parte dos recursos foi para financiamento de caminhões, visto que o volume de pedidos de caminhões foi muito maior. 

Transporte Moderno – Como deve ficar a participação do CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e do Finame em 2022? 

Martin Sörensson Acreditamos que a manutenção dos atuais níveis das taxas de juros vai continuar fazendo com que os clientes migrem do CDC para o Finame. Nossa previsão é chegar ao final do ano com 45% de operações no CDC e 55% no Finame. 

Transporte Moderno – A carteira de ativos alcançou quanto em 2021?

Martin Sörensson – Fechamos 2021 com mais de 25 mil ativos em nosso portfólio, o que corresponde a um crescimento em torno de 22% em relação ao ano anterior. 

Transporte Moderno –  O consórcio teve quantas novas cotas vendidas em 2021?  

Martin Sörensson Foram vendidas 2.183 cotas, um crescimento de 4% em relação a 2020. 

Transporte Moderno – Nos contratos de consórcio, qual o percentual para clientes de caminhões e ônibus? 

Martin Sörensson Hoje temos cerca de 85% dos clientes do segmento de caminhões e 15% de ônibus. 

Transporte Moderno – Qual o perfil de clientes que compram ônibus por meio do consórcio? 

Martin Sörensson – Temos um público muito fiel do segmento de ônibus. Em nossa carteira temos clientes de turismo e fretamento de todos os perfis de frota, que adquirem uma cota para a renovação de seu único ônibus, passando por clientes de médio porte que planejam a ampliação de suas frotas até os grandes clientes que adquirem cotas para venda de ônibus usados. 

Por