Vendas de caminhões e ônibus usados crescem em março

De acordo com a Fenabrave, as transações de caminhões usados chamaram a atenção em março, com crescimento de 28, 27% sobre o mês anterior

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículo Automotores (Fenabrave), o mês de março foi de recuperação nas transações de usados em todo o país. Com 22 dias úteis (três a mais do que fevereiro), o volume total registrou alta de 29,73% sobre o mês anterior. Em relação a março de 2021, a retração é de 12,2% e, no acumulado, a queda é de 22,84%.

“O mercado ultrapassou a marca de um milhão de transações no mês pela primeira vez no ano. Todos os segmentos automotivos tiveram alta entre 28% e 32%, o que pode significar um aquecimento das vendas”afirma José Maurício Andreta Jr., presidente da Fenabrave.

As transações de ônibus usados mostraram recuperação em março de 2022, assegurando resultado positivo nas trocas de titularidade, o aumento foi de 30,3%, em relação a fevereiro e de 16,3%, em comparação a março de 2021. No acumulado do ano, o aumento foi de 5,09% comparado com o primeiro trimestre do ano passado.

De acordo com a Fenabrave, as transações de caminhões usados também chamaram a atenção em março, cujo crescimento foi de 28, 27% sobre fevereiro, ainda que os resultados tenham sido negativos na comparação com março de 2021 (- 20,77%) e, também, com o primeiro trimestre do ano passado (-25,26%). 

“A falta de componentes, que ainda afeta a fabricação de caminhões novos, deve ter influenciado nas vendas de usados, em março” , comentou Andreta Jr., que complementou dizendo que o Programa Renovar, que acaba de ser lançado pelo governo federal, poderá fomentar ainda mais as vendas de caminhões seminovos, por exemplo.

Por