BorgWarner vai fornecer eMotors para fabricante da China

Os motores elétricos eMotors hairpin de alta tensão da BorgWarner serão usados na plataforma do sistema de propulsão de 800V de segunda geração da marca chinesa

A BorgWarner foi selecionada para fornecer motores elétricos eMotors de alta tensão (HVH) para uma marca líder de veículos elétricos na China. Os eMotors serão usados na plataforma do sistema de propulsão de 800V de segunda geração da empresa. A produção do modelo de veículo equipado com esta plataforma deve começar em outubro de 2023.

“Estamos entusiasmados em continuar nossa parceria com este líder chinês em veículos elétricos, trabalhando juntos para ter sucesso no setor de veículos elétricos a bateria”, disse Stefan Demmerle, presidente e gerente geral da BorgWarner PowerDrive Systems. “Os eMotors da BorgWarner apresentam confiabilidade premium, maior eficiência, além de potência e densidade de torque superiores, e exemplificam nossa ampla experiência em aplicações de mobilidade elétrica.”


Os eMotors refrigerados a óleo de 800 V da BorgWarner estão disponíveis como conjuntos de motor ou subconjuntos de estator e rotor. incorporam rotor de ímã permanente integrado e tecnologias próprias de aprimoramento de isolamento do estator, proporcionando durabilidade e confiabilidade premium. Eles oferecem eficiência máxima de mais de 96% e apresentam tecnologia patenteada de enrolamento do estator HVH.

Além disso, o motor opera com eficiência energética e respeito ao meio ambiente com excelente desempenho de ruído, vibração e aspereza (NVH) e até 4% maior potência e densidade de torque em comparação com outros produtos de sua linha. Durante a frenagem do veículo e em descidas, o motor também pode converter energia mecânica em energia elétrica e carregar a bateria através do inversor.


A BorgWarner possui ampla experiência na indústria de produção de eMotor, impulsionada pela recente aquisição da Santroll Automotive Components, divisão do negócio de eMotor de veículos leves da Santroll. A empresa espera que a aquisição fortaleça ainda mais a integração vertical, a escala e a amplitude do portfólio da BorgWarner em motores elétricos para veículos leves, ao mesmo tempo em que permite maior velocidade para o mercado.

Por