Cummins eleva suas previsões de receita para 2022

Com base nos resultados atingidos, a empresa eleva suas previsões de receita em 2022 para 8%, o que representa um aumento em relação às projeções anteriores de 6%

A Cummins Inc. fechou o primeiro trimestre com receitas de US$ 6,4 bilhões, 5% superior ao mesmo período de 2021. As vendas na América do Norte aumentaram 12%, enquanto as receitas internacionais reduziram 3%, impulsionadas principalmente por desaceleração na China.

No cenário atual, a Cummins está elevando suas expectativas de receita para o ano de 2022 em até 8%, o que representa um aumento de 6% devido à maior demanda na América do Norte e em outros mercados. O Ebitda deverá ser de aproximadamente 15,5%, em linha com a previsão anterior. A empresa planeja devolver aproximadamente 50% do fluxo de caixa operacional aos acionistas na forma de dividendos e recompras de ações.

“A demanda por nossos produtos continua forte em muitos de nossos principais mercados e regiões, resultando em receitas recordes no primeiro trimestre de 2022. Implementamos ações de precificação para combater o aumento dos custos de insumos, o que contribuiu para uma rentabilidade sólida no primeiro trimestre. As restrições da cadeia de suprimentos continuam a ser um desafio e estão limitando o crescimento em nossa indústria”, disse Tom Linebarger, presidente e CEO da empresa.

Destaques –

Neste ano, a empresa anunciou duas aquisições significativas e críticas para o avanço de suas metas de descarbonização de produtos ao mesmo tempo em que expande seu portfólio: a aquisição da Jacobs Vehicle Systems (JVS) e a intenção de adquirir a Meritor.

A JVS é fornecedora de tecnologias de frenagem do motor, desativação de cilindros, partida e parada e gerenciamento térmico, componentes essenciais para atender às regulamentações de emissões atuais e futuras. A integração da Meritor, líder global em soluções de trem de força, mobilidade, frenagem, pós-venda e trem de força elétrico para veículos comerciais e mercados industriais posicionará a Cummins como uma das poucas empresas capazes de fornecer soluções integradas de trem de força em aplicações de combustão e energia elétrica por meio dos eixos elétricos da Meritor.

Em fevereiro, a empresa apresentou as primeiras plataformas de motores de combustão interna unificadas e independentes de combustível de baixo carbono do setor. Essa abordagem tecnológica será aplicada nas plataformas de produtos das séries X, L e B da Cummins e ajuda as frotas a reduzir emissões de carbono.

O negócio New Power continuou a expandir sua presença de hidrogênio verde globalmente. Na América do Norte, a Florida Power & Light Company anunciou que a Cummins fornecerá um sistema eletrolisador de 25 megawatts para o inovador FPL Cavendish NextGen Hydrogen Hub – a primeira fábrica de hidrogênio “verde” da Flórida. O FPL Cavendish NextGen Hydrogen Hub aproveitará a energia solar para alimentar o processo de eletrólise que produz hidrogênio “verde” ou livre de carbono a partir da água.

Por