Empresas Randon anunciam aporte de R$ 100 milhões em energias renováveis

O primeiro projeto a ser entregue será uma usina fotovoltaica com cerca de 2,3 mil painéis solares, que ficará instalada no centro tecnológico Randon, em Farroupilha (RS)

As Empresas Randon apresentam ao mercado um novo plano de investimentos em geração de energias renováveis para abastecer suas unidades industriais. A primeira entrega no Brasil é uma usina fotovoltaica com cerca de 2,3 mil painéis solares, que ficará instalada no Centro Tecnológico Randon (CTR), em Farroupilha (RS). Ao todo, a companhia projeta o investimento de cerca de R$ 100 milhões até 2030 nessas iniciativas.

A planta em estruturação, que deve ser concluída até dezembro deste ano, está recebendo aportes de cerca de R$ 7,2 milhões. Atenderá 100% da demanda de energia do próprio CTR para os próximos 25 anos. A iniciativa ainda busca garantir a capacidade instalada no local para o desenvolvimento de projetos voltados para a mobilidade elétrica, possibilitando que todos os veículos desenvolvidos e testados no Centro Tecnológico utilizem energia limpa. Além disso, cerca de 30% da energia gerada também atenderá a área de Expedição da Randon Implementos, localizada no complexo industrial do grupo no bairro Interlagos, em Caxias do Sul (RS).

A iniciativa está conectada aos compromissos ESG das Empresas Randon, de reduzir em 40% a emissão de gases de efeito estufa gerados no processo de produção até 2030. “As ações visando a sustentabilidade sempre foram prioridade para a companhia. Damos um passo importante para alcançar as metas que nos comprometemos, enfrentando os desafios globais e do negócio, além de contribuir para a economia e para um mundo melhor”, salienta o CEO das Empresas Randon, Sérgio L. Carvalho.

A RTS Industry, unidade da companhia focada na estruturação de projetos de robotização e automação industrial, será responsável pela entrega e desenvolvimento do modelo em outras unidades das Empresas Randon no Brasil e em outros países. Na China, já está em execução um projeto de usina fotovoltaica que deve ficar pronto até o fim deste mês. A usina está sendo instalada na unidade da Fras-le, em parceria com o governo chinês. Os painéis vão abastecer 20% da energia da unidade.

“Movimentos como esses que estamos anunciando reforçam nosso propósito e compromisso pela sustentabilidade e pelo desenvolvimento das comunidades onde estamos inseridos, colocando em prática os princípios e estratégias construídos pelas nossas equipes ao redor do mundo”, destaca o presidente das Empresas Randon, Daniel Randon, que lidera o comitê de ESG da companhia.

Por