Latam Cargo dobra capacidade da rota Miami-Florianópolis

A decisão da empresa é para atender a alta demanda por importações no Sul do Brasil e desde o dia 30 de junho a unidade cargueira do Grupo Latam poderá transportar até 110 toneladas semanais no Boeing 767-300F

A Latam Cargo, unidade de transporte de cargas do grupo Latam, dobrou a sua capacidade – de 55 para 110 toneladas semanais – na rota Miami-Florianópolis. Segundo a empresa, o investimento é devido à alta de importações registrada no sul do país em função da retomada da indústria local, após dois anos da pandemia de Covid-19. A rota beneficia principalmente o mercado de Santa Catarina e os importadores do Paraná e do Rio Grande do Sul. 

Agora, a operação, inaugurada em agosto de 2020, contará com sua segunda frequência semanal, que também será realizada por aeronaves cargueiras do modelo Boeing 767-300F. Além dos voos às segundas-feiras, que partem de Miami às 3h20 e pousam em Florianópolis às 15h10, a empresa acrescenta mais um voo às quintas-feiras com decolagem prevista de Miami às 8h e pouso no destino às 19h50. 

De acordo com Otávio Meneguette, diretor da Latam Cargo no Brasil, essa ampliação também reflete os ótimos resultados obtidos no primeiro ano de operação, o que ratifica a força comercial dessa rota. “Movimentamos mais de 650 toneladas neste período. Isso corresponde a aproximadamente R$ 750 milhões em cargas”, conta. “Ainda, sete estados do entorno foram beneficiados e 138 diferentes importadores atendidos.”

Para Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport Brasil, a segunda frequência consolida Santa Catarina como um hub logístico do Sul do país, com um crescimento consistente mês a mês. “A rota Miami-Florianópolis e a eficiência do nosso terminal, que mantém 80% das cargas liberadas em até 24 horas, aliadas ao tratamento tributário diferenciado de Santa Catarina tornam o nosso produto competitivo como poucos”. 

Atualmente, a Latam Cargo realiza o transporte em aviões cargueiros e no porão de aeronaves de passageiros para até 139 destinos em 22 países, sendo sete deles exclusivos para o transporte de cargas. No Brasil, são 50 destinos. Ao todo, o Grupo Latam já conta com 14 aeronaves cargueiras do modelo Boeing 767-300F em sua frota e está avançando no seu projeto global de conversão de 10 Boeing 767 de passageiros em cargueiros até 2023, quando totalizará 21 aeronaves Boeing 767-300F.

Por