Frutas, legumes e flores sempre frescos

Thermo King - Paulo Lane_

Paulo Lane*

Já imaginou a vida sem a possibilidade de comer frutas e vegetais frescos, apenas porque eles não são da região ou estão fora de época? Ou não poder apreciar seu sorvete favorito porque você vive em uma região quente? Ou até mesmo não poder ter belas flores, como tulipas que crescem apenas em áreas de clima frio?

Para os consumidores, a resposta é “não”. Pois eles esperam que os supermercados ofereçam variedade de frutas, legumes e outros alimentos semiprontos, independentemente da estação do ano e a preços não muito maiores do que na temporada. Atualmente, isso é possível graças ao transporte refrigerado e à refrigeração, que passaram a ser fundamentais para proporcionar a disponibilidade destes produtos a um preço justo ao consumidor.

Alguns alimentos, como frutas e legumes, exigem manuseio e transporte específicos, o que pode ser caro. No entanto, os varejistas sabem que transporte refrigerado é um mercado fundamental que deve ser considerado.

Se alguns anos atrás poucas pessoas confiavam na qualidade de alimentos congelados, atualmente as inovações científicas e tecnológicas na cadeia do frio têm melhorado muito a experiência dos consumidores com alimentos congelados, o que leva a uma maior aceitação destes produtos.

Sem dúvida, um dos maiores desafios para os varejistas da cadeia de frio é prolongar a vida de produtos frescos e congelados na prateleira, a fim de atender com eficiência à demanda dos consumidores. Isto se refletirá na fidelização dos clientes e aumento de vendas.

A espinha dorsal da cadeia do frio é o transporte refrigerado, que permite que
grandes quantidades de bens perecíveis sejam transportadas e distribuídas para diferentes lugares, mesmo para mercados distantes, mantendo a integridade e qualidade dos alimentos. Sem tais soluções, a venda de produtos seria restrita ao seu local de cultivo ou de produção, ou os custos de transporte seriam bastante elevados.

Por esta razão, é importante estar muito atento aos fornecedores envolvidos nesta parte da cadeia do frio, bem como na tecnologia utilizada para esta função.
Hoje em dia existem muitas empresas que oferecem ampla variedade de produtos e soluções para a indústria de transporte com temperaturas controladas. Algumas delas realmente atendem às necessidades de seus clientes porque, graças às suas técnicas, processos e inovações, é possível transportar alimentos perecíveis, como carnes e frutos do mar, além de flores, plantas, medicamentos, e alguns produtos químicos, por exemplo.

O primeiro passo para estar na vanguarda desta área é, sem dúvida, ouvir e buscar o aconselhamento de especialistas. Não é suficiente contratar um fornecedor qualquer. É necessário ter certeza de que o escolhido utiliza a melhor e mais recente tecnologia em refrigeração e controle de temperatura, garantindo que os alimentos chegarão aos clientes com o mesmo sabor, valor nutricional, integridade e qualidade com que foram produzidos.

Um fator importante a considerar é que diferentes tipos de produtos também exigem diferentes temperaturas e isso acontece mesmo entre alguns vegetais. Portanto, para atuar em transporte refrigerado, as transportadoras precisam ter soluções apropriadas para cada tipo de produto.

O que se deve buscar em soluções

de transporte refrigerado para produtores e atacadistas?


O setor de varejo enfrenta um grande desafio para atender à demanda de produtos refrigerados e assim garantir que o consumidor os encontre nas melhores condições.
Ao mesmo tempo, uma solução de controle de temperatura deve estar alinhada com
o orçamento e rentabilidade de produtores e atacadistas, atendendo aos regulamentos e normas que a indústria exige. Existem instituições, como o Safe Good Quality Institute (SQF), que possuem programas para certificar alimentos para exportação e garantir que o produto está em ótimo estado ao longo de toda a cadeia de fornecimento, até chegar ao consumidor final.

Portanto, é importante considerar alguns elementos como forma de identificar as melhores soluções de transporte para reduzir o consumo de combustível e os custos operacionais, e ao mesmo tempo garantir a temperatura exigida e especificada pelo segmento do negócio:

Tamanho – Há caminhões pequenos, caminhões para distribuição urbana (VUC), carretas simples ou multi-temperaturas para longas distâncias. A utilização do conjunto baú ou semirreboque frigorífico e equipamento de refrigeração adequado para o produto a ser transportado é essencial.

Sistemas de temperatura única ─ São ideais se o objetivo for o transporte de produtos refrigerados ou congelados que não requerem diferentes temperaturas. Algumas marcas oferecem excelentes soluções de desempenho que são ambientalmente corretas.

Sistemas multi-temperatura ─ Uma das principais tendências no mercado de transporte refrigerado, o que significa que o mesmo veículo pode manter e transportar produtos sob diferentes temperaturas simultaneamente. Assim, é possível o transporte de produtos congelados, refrigerados e carga seca em temperatura ambiente, ao mesmo tempo.

Sistemas criogênicos ─ O setor de varejo que precisa atender às normas ambientais específicas encontra nos sistemas criogênicos opções ideais de transporte, já que eles permitem a circulação de mercadorias com redução de emissões de gases e poluição sonora, mesmo que a unidade esteja operando em plena capacidade.

Suporte e manutenção ─ O fornecedor ideal de transporte refrigerado deve oferecer serviços de pós-venda, suporte e manutenção que permitam rápidas respostas a quaisquer desafios. Além disso, o fornecedor deve estar disponível ou em fácil contato 24 horas por dia, 365 dias por ano, em todo o país, porque o transporte é um processo crítico que não pode ser interrompido e afetar toda a cadeia do frio.

Estes são apenas alguns pontos a serem considerados. No entanto, é preciso ter em
mente que o melhor fornecedor, com as melhores soluções para transporte refrigerado, é aquele que atende às necessidades operacionais identificadas, permitindo que a empresa possa alcançar redução no custo operacional e esteja em conformidade com determinações regulatórias.

E o mais importante é a satisfação dos clientes ao encontrar as prateleiras abastecidas com todos os produtos frescos ou refrigerados que eles querem, com a qualidade e o frescor com que foram produzidos ou cultivados.

 

* Paulo Lane é diretor de produto e marketing da Thermo King para a América Latina

Veja também

Por