ZF apresenta lançamentos do IAA

A ZF Friedrichshafen AG reuniu a imprensa internacional em Aachen, na Alemanha, para antecipar os novos produtos que serão lançados durante o salão internacional de Veículos Comerciais (IAA), em Hannover, que acontece neste mês de setembro naquele país. Demonstrações do funcionamento dos novos componentes e sistemas de segurança em caminhões e ônibus foram realizadas durante o evento. Segundo a ZF, essas inovações em segurança e eficiência dos veículos comerciais seguem as megatendências de automação, conectividade, segurança e eletrificação que estão transformando o mundo da mobilidade.

Uma das principais novidades é o EcoTronic mid, uma solução direcionada à crescente demanda por tecnologias de transmissões automatizadas. É uma opção economicamente atraente de troca automática de marcha para caminhões médios e semipesados, além de ser uma alternativa confortável. A previsão da ZF é iniciar a fabricação em série do novo produto no início de 2017.

Do ponto de vista técnico, o novo modelo baseia-se na ZF-Ecomid, uma transmissão manual de nove marchas que a ZF já fornece há dez anos como sistema manual para caminhões médios e semipesados com torque de entrada na faixa de 900 a 1.500 Nm. Para converter essa transmissão no sistema automatizado EcoTronic mid, a ZF utiliza módulos disponíveis nos respectivos mercados. Com pequenas alterações na estrutura da transmissão básica e adicionando o módulo de automatização, a ZF chegou a essa opção econômica de automatização para o driveline de caminhões médios e semipesados. As mudanças abrangem desde a sincronização, passando pelos atuadores da embreagem e troca de marcha, até a aplicação de um software de controle eletrônico.

Na Europa, já existe a tendência de aplicação de sistemas de transmissão automática e automatizada em caminhões pesados, médios e leves. Mas, segundo pesquisas de mercado, também nos países que formam o grupo Bric (Brasil, Rússia, Índia e China) essa propensão vem ganhando força e deverá conquistar uma fatia expressiva nas vendas. Previsões para 2025 apontam que a perspectiva de uso de transmissões automatizadas em caminhões são de 70% no Brasil, 50% na China, e 25% na Rússia e na Índia. Entretanto, o segmento de automatizadas é bastante sensível aos custos, além de ser altamente concorrido.

Leia  a matéria  completa  na revista Transporte Moderno nº477  no  Acervo Digital OTM

Veja também

Por