ZF apresenta soluções eletrônicas para reduzir acidentes

Com o Vision Zero Vehicle, veículo-conceito equipado com sistemas mecânicos inteligentes, a ZF alemã dá um grande passo rumo à mobilidade sem emissões e sem acidentes. Entre os equipamentos modernos a empresa destaca o Driver Distraction Assist que reconhece quando o motorista está distraído – atualmente a segunda maior causa de acidentes depois do excesso de velocidade – e, se necessário, assume o comando seguro do carro até não haver mais perigo. E o Wrong-way Inhibit, com o potencial de evitar ativamente que alguém dirija na contramão, causando consequências muitas vezes fatais.

Essas inovações de segurança são passos decisivos na transição da condução assistida para a autônoma. Além de mostrar o caminho para a mobilidade do futuro sem acidentes, com seu acionamento elétrico de eixo altamente integrado, o Vision Zero Vehicle roda sem emissões. “Somente poderemos zerar os acidentes de trânsito e as emissões se todos os meios de transporte forem elétricos, autônomos e conectados. Trabalhamos para que isso se torne realidade”, afirma Stefan Sommer, CEO da ZF Friedrichshafen AG. “Com o nosso Vision Zero Vehicle totalmente elétrico e seus sistemas de segurança inovadores fizemos grande progresso para alcançar essa meta. Sobretudo na fase de transição entre a condução assistida e autônoma, precisamos de avançados sistemas de segurança integrados para aumentar ainda mais a proteção dos ocupantes de automóveis que transitam com e sem motorista. ”

As novas funções Wrong-way Inhibit e Driver Distraction Assist conferem aos carros a capacidade de eliminar as frequentes causas de acidentes graves, como entrar na contramão ou falta de atenção. Soma-se a isso o fato de as funções evidenciarem uma das maiores competências da ZF ao fazer com que os veículos possam ver, pensar e agir graças a sistemas mecânicos inteligentes e interconectados.

Cada vez mais os motoristas perdem o essencial de vista enquanto dirigem. Segundo pesquisa do Centro de Tecnologia Allianz (AZT – sigla de Allianz Zentrum für Technik), atualmente em torno de 10% das fatalidades no trânsito ocorrem por falta de atenção na Alemanha.

“O Driver Distraction Assist é capaz de identificar a desatenção ao volante, alerta o motorista e, em caso de emergência, assume o controle do veículo até que o perigo seja superado”, diz Harald Naunheimer, responsável pelo departamento corporativo de pesquisa e desenvolvimento da ZF Friedrichshafen.

A tecnologia utiliza uma câmera interna do tipo Time of Flight (tempo de voo) baseada em laser que aprende sozinha e, diferente-mente dos sistemas digitais de vídeo, faz o monitoramento tridimensional confiável da posição da cabeça do motorista tanto de dia como de noite, mesmo com pouca luminosidade. Dessa forma, ela consegue detectar imediatamente se o motorista desvia seu olhar do trânsito. Ao identificar uma ameaça de risco, em seu primeiro nível de atuação, o sistema alerta o motorista com indicações visuais no display central, sinais acústicos e vibrações no cinto de segurança. Paralelamente, o programa assume ativamente o comando e mantém o veículo na faixa de rodagem, mesmo nas curvas. Se o motorista continuar não reagindo, o sistema reduz continuamente o torque de acionamento. No último nível, se a desatenção persistir, o programa não permite a aceleração e para o carro em local seguro.

You may also like

By