Volvo mostra o primeiro caminhão autônomo do Brasil

A Volvo apresenta o primeiro caminhão autônomo desenvolvido no Brasil já testado em uma operação real e comercialmente viável. O modelo VM Autônomo destina-se ao segmento sucroalcooleiro. O modelo inovador exposto no estande da marca permite aos visitantes ver de perto a sua tecnologia avançada que, segundo a montadora, foi desenvolvida para garantir a produtividade durante a colheita da cana-de-açúcar. É uma tecnologia que resolve o problema de precisão, que é humanamente impossível de conseguir, inclusive nas manobras em marcha ré, informa a empresa.

De acordo com a Volvo, o VM Autônomo zera a queda da produtividade por pisoteamento das soqueiras (brotos) pelo caminhão durante a colheita da cana. A operação de transbordo é responsável por 4% na redução de produtividade por área de um ano para outro. Quando está dentro da lavoura o caminhão roda autonomamente com uma precisão de 2,5 centímetros na direção, uma exatidão que não seria conseguida pelo motorista.

Com uma solução desenvolvida pelos especialistas da marca no país a partir de tecnologias já disponíveis globalmente no Grupo Volvo, o VM Autônomo foi projetado para eliminar a perda de produtividade no campo. O problema é responsável por prejuízos que giram em torno de 12% da produção anual de cana-de-açúcar. O caminhão autônomo, sozinho, elimina 4% dessa perda.

O novo caminhão foi desenvolvido em pouco mais de um ano e testado com grande sucesso nas lavouras da Usina Santa Terezinha, uma das empresas do Grupo Usaçucar, um dos maiores produtores e exportadores de açúcar do Brasil, sediado em Maringá, no Paraná. Conduzido autonomamente, o caminhão roda ao longo das linhas da plantação, sem passar por cima das soqueiras. Considerada bastante alta pelos especialistas, a precisão de 2,5 centímetros reduz a queda da produtividade a valores mínimos.

O alinhamento no trajeto do caminhão na plantação é extremamente importante, porque as soqueiras resultantes da colheita vão se transformar novamente em pés adultos de cana-de-açúcar nas safras subsequentes. O replantio canavieiro é feito a cada cinco anos, com uma média de cinco safras por plantio. Como a colheita ocorre num período curto de tempo, o trabalho tem que ser feito 24 horas por dia, sete dias por semana. Devido à severidade própria da operação, da pouca visibilidade noturna e da palha que cai sobre o solo, o motorista não consegue conduzir o veículo de forma precisa para evitar o pisoteamento dos brotos.

 

TECNOLOGIA DE PONTA

Depois de o mapa digital do canavial ser inserido no computador de bordo do caminhão, a solução da Volvo reconhece precisamente as linhas da plantação, evitando o pisoteamento. O papel do condutor é conduzir o veículo até o início da linha na lavoura, encontrando a rota a ser seguida, e depois retirá-lo da plantação para fazer o transbordo nos veículos de transporte que levarão a carga até a usina de açúcar.

A tecnologia da Volvo proporciona alta precisão no traçado do caminhão, enquanto o motorista acompanha a operação e utiliza o seu tempo para outras tarefas importantes, como o transbordo, o descarregamento e outros controles administrativos da operação.

O VM Autônomo desenvolvido para a colheita da cana-de-açúcar mecanizada é um caminhão de 6×4 eixos, com pneus de alta flutuação, mas dotado de outros modernos equipamentos.

A tecnologia de automação incorporada no veículo é composta por duas antenas GPS de elevada precisão (GNSS/RTK), parte do sistema VDS (Volvo Dynamic Steering, o sistema de esterçamento da marca), dois giroscópios de alta sensibilidade e um display posicionado no interior da cabine do caminhão, que funciona como interface homem-máquina. É uma solução extremamente inovadora, desenvolvida a partir de tecnologias já disponíveis comercialmente no Grupo Volvo.

Na Fenatran a Volvo também destacou seus novos serviços conectados. O Gestão de Combustível é um serviço de consultoria remota de consumo para os transportadores que possuem caminhões da marca, com foco na redução dos gastos com diesel. Especialistas da Volvo fazem a gestão e o acompanhamento de consumo de combustível e do desempenho dos motoristas por meio do sistema Dynafleet e enviam relatórios customizados mensais para os clientes, com recomendações para melhorar a condução do veículo e, consequentemente, auxiliar na economia de combustível. A Manutenção Proativa da Volvo é uma central de monitoramento conectado e de planejamento e agendamento de manutenções preventivas para os caminhões.

You may also like

By