Gestão online promete reduzir acidentes fatais nas estradas

Sistema Vsafe monitora situações de risco por meio de processamento em tempo real, podendo ser utilizado em frotas de ônibus, caminhões e comerciais leves

De janeiro a junho deste ano, os acidentes de trânsito provocaram 19,3 mil mortes e 20 mil casos de invalidez permanente no país. Os dados foram divulgados pelo Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES), órgão da Escola Nacional de Seguros.

Os danos causados por acidentes somaram R$ 96,5 bilhões, valor que corresponde ao que as vítimas poderiam produzir, pois foram atingidas em plena fase economicamente ativa. Em média, segundo levantamento do Observatório Nacional de Segurança Viária, 400 mil pessoas são afetadas por esse tipo de ocorrência todos os anos no Brasil.

Buscando trazer mais segurança às vias brasileiras, a Veltec, empresa pertencente ao grupo Trimble, que atua há 13 anos no mercado, desenvolveu uma solução que monitora em tempo real os comportamentos e situações de risco do motorista, a fi m de evitar acidentes. O Vsafe emite alertas ao condutor, como também ao gestor de frota, sobre possíveis situações que o colocam em perigo, utilizando inteligência artificial embarcada. “Mesmo nas operações com uma estrutura de monitoramento consolidada, foi possível identificar comportamentos inadequados dos motoristas. Entre eles o uso do celular e a fadiga são recorrentes”, conta Giovani Benedetti Penha, diretor de tecnologia da Veltec.

A ferramenta possui câmeras que detectam alterações no comportamento do motorista, mesmo se ele estiver usando óculos escuros. Segundo o fabricante, é o primeiro sistema brasileiro com análise de comportamentos dos motoristas por vídeo em tempo real, de forma totalmente integrada com telemetria e gestão online. “Somente com a gestão com telemetria, nos nossos clientes comprovamos redução de mais de 80% na quantidade de acidentes.

Com o Vsafe, este número tende a ser ainda maior”, comenta Benedetti Penha. A novidade foi apresentada durante o Safety Experience, um evento que discute soluções para segurança no trânsito e a mobilidade urbana, que ocorreu em novembro, em São Paulo.

Por meio da plataforma da Veltec, o gestor pode acompanhar o trabalho dos motoristas, verificando todas as informações sobre o que está acontecendo nas estradas.

Composto por duas câmeras na cabine, uma focada no motorista e a outra na pista, o Vsafe identifica comportamentos inseguros e situações de risco aos motoristas.

“O sistema não depende da conectividade com a internet, pois uma caixa instalada na cabine do veículo faz todos os registros e emite os alertas. A solução aponta diversos comportamentos inadequados, como uso de celular, de cigarros, falta de atenção à estrada ou sinais de cansaço e sono”, explica Benedetti Penha.

Existe ainda a opção de quatro câmeras extras, o que garante ainda maior controle e segurança para condutores e gestores, em vários pontos do veículo. “Como sabemos que 90% dos acidentes são causados por falha humana, o sistema realmente salva vidas ao detectar esse comportamento e avisar o motorista no momento em que está acontecendo”, diz o diretor da Veltec.

“A câmera que está focada na pista mostra quando o veículo está a uma distância curta de outro veículo, mudanças de faixa arriscadas ou sem a devida sinalização, interferências de risco”, destaca.

Com esse lançamento, além de garantir maior segurança nas ruas e estradas, a Veltec aposta fortemente na gestão de frotas como fator de aumento de rentabilidade.

“A economia é muito significativa, pois uma fatalidade no trânsito pode custar mais de R$ 1 milhão para a empresa, além da perda humana, que não tem preço”, relata Giovani Penha.

Os alertas e as informações são transmitidos para a central de controle das empresas em tempo real, podendo ser visualizados direto na plataforma de telemetria da Veltec, e os motoristas são notificados por meio de um display que fica instalado à sua frente. O fato de o sistema ser integrado à telemetria e fazer processamento em tempo real permite que as ações corretivas sejam realizadas de imediato, reduzindo ainda mais os danos causados por situações de risco.

O controle de comportamentos inadequados ao volante e das situações externas são importantes para reduzir os gastos da operação. “Essas indicações, além de prevenirem acidentes, também colaboram para a redução de custos, já que um estilo agressivo de condução, por exemplo, ocasiona um consumo de combustível maior e também pode causar desgastes em outros componentes do veículo”, afirma.

Aliada ao Vsafe, a telemetria e a plataforma de gestão permitem a medição das variáveis de condução ao longo do trajeto, como velocidade, giro do motor e consumo de combustível, o que torna o sistema um importante aliado na gestão e economia de recursos. “A nossa solução de telemetria garante economia de 6% a 15% de combustível, pois monitora os pontos de maior desperdício e aponta os motoristas menos econômicos. Isto é muito significativo para os empresários, quando consideramos que o combustível é a primeira ou segunda maior despesa das transportadoras, dependendo da operação”, explica o diretor.

A Veltec também fornece um relatório detalhado que aponta todos os comportamentos de risco do condutor, entre outras variáveis. Assim, a empresa consegue fazer um ranking dos melhores profissionais, permitindo a gestão da frota de forma mais eficiente. A empresa fornece ainda o serviço de controle operacional para as companhias interessadas em adquirir não apenas o sistema, mas também uma assessoria completa na gestão de seus indicadores.

PROJETO-PILOTO – Apesar de ser um lançamento, a plataforma já está sendo usada por dez empresas, em caráter experimental, há três meses. “Os resultados têm sido bastante positivos. E a Veltec espera que o lançamento contribua para a expansão do grupo no Brasil. Em 2019, a expectativa é de que haja um incremento de 20% a 25% no volume de negócios”, informa Giovani Penha.

A Gazin, fabricante e distribuidora de colchões e estofados, é uma das empresas que participam do projeto-piloto do Vsafe.

Com uma frota de 480 veículos, sendo que a maioria é de caminhões, a companhia instalou o sistema em três ônibus que são usados para transporte de funcionários.

“Estamos bastante satisfeitos com a solução, que é muito simples de usar e ajuda a corrigir comportamentos inadequados dos motoristas. A ideia é futuramente implantar o sistema em toda a frota”, conta Célio Cantuários, gerente administrativo de logística da Gazin. Os veículos circulam 24 horas, e saem da matriz em Douradina, no Paraná, em direção a diversos pontos do país.

Cantuários explica que o sistema é importante para melhorar a forma de condução dos veículos e evitar atitudes que possam gerar acidentes. “O uso do celular é um ponto que precisa ser monitorado, pois é frequente e tira a atenção de quem está dirigindo. No momento que a câmera detecta a infração, o condutor recebe um aviso sonoro e o gestor da frota tem a filmagem em vídeo do ocorrido. É uma tecnologia muito interessante e que preserva vidas, tanto dos nossos funcionários como de outras pessoas. Isso é mais importante que qualquer economia que o produto possa trazer”, acredita.

Os condutores dos ônibus fazem turnos de quatro a seis horas. “Fazemos essas trocas exatamente para que os motoristas não fiquem sobrecarregados e cansados.

Sabemos que um motorista, em estado de fadiga, pode cochilar, ainda que seja por alguns segundos, e causar acidentes. Mesmo com turnos mais curtos, pode ocorrer sonolência. A solução tem sido bastante eficaz, detectando a fadiga e avisando o condutor em tempo real. Acho que o setor vai ganhar muito com esse tipo de tecnologia”, diz o gerente da Gazin.

Por