Scudo completa linha de furgões da Fiat

A Fiat, empresa do grupo Stelantis, a partir de 1º de agosto, em 200 pontos de atendimento especializados em veículos de transportes de cargas e passageiros, inicia as vendas do Scudo, um novo furgão na faixa intermediária entre a Fiorino e a Ducato

Fred Carvalho

As crises geram oportunidades, e a pandemia dos últimos anos alterou os hábitos de consumo e permitiu um crescimento de mais de 400% no número de lojas virtuais e uma verdadeira explosão de encomendas feitas por consumidores que optaram pela segurança do e-commerce.

“Estamos na era do Last Mile que cresceu 74% em 2020, mais 27% no ano passado e tem uma projeção de mais 10% neste ano”, destaca Herlander Zola, vice-presidente Fiat América do Sul.

A Fiat já tinha uma presença forte na área de furgões, tanto para cargas quanto para passageiros, com a Fiorino, com capacidade para 3,3 m³, a Doblo em faixa um pouco acima – aposentada pela legislação de emissões no ano passado – e a Ducato, com diferentes versões de 8 a 15 m³.

O novo furgão Scudo entra exatamente na faixa intermediária, com 6,1 m³ de capacidade volumétrica, motor 1.5 turbo diesel com 120 cv e torque de 200Nm, cambio manual de seis marchas, tanque de 69 litros e uma autonomia de até 800 km. E para atender aos novos tempos uma versão elétrica, com capacidade de até 330 km de autonomia e preço de R$ 329.990,00.

Desenhada para a distribuição de cargas nos grandes centros urbanos tem inúmeras vantagens destacadas pelo fabricante, desde uma altura de 1,94 m – o que permite entrar em todas as garagens de shoppings e supermercados – enquanto os concorrentes ficam acima de 2,30 m e aí enfrentam problemas pois a medida regulamentar é 2,10 m. 

Também há a vantagem da porta lateral que facilita a descarga em locais com estacionamento difícil e muito apertado e tem um espaço para até três paletes com toda tranquilidade pela largura e comprimento da área de carga. Importante destacar que para dirigir este novo furgão, em qualquer versão, basta apenas a CNH B. E custa R$ 187.490,00.

O Scudo também foi projetado para serviços especializados como ambulâncias, minibus, unidade móvel, pet shop, food truck, motor home. E na versão Family car com 7 + 1 lugares, tem revestimento em alto padrão, bancos reclináveis em couro ecológico, central multimidia e 850 litros de porta malas e preço de R$ 192.490,00.

O novo veículo veio com as opções para permitir o máximo conforto para o motorista. Desde o ajuste de altura e profundidade do volante, ajuste de altura do assento, ar-condicionado, apoio de braço, computador de bordo, piloto automático, travamento das portas do compartimento de cargas, start stop, vários porta objetos estrategicamente espalhados pela cabine com destaque para os 6,9 litros que fica sob o assento do motorista.

Outro destaque do Scudo é seu baixo custo operacional, seja pelo um consumo de combustível de 12,4 km/litro, seja pelos custos das revisões, garantia de três anos ou 100 mil km, desgaste de pneus, depreciação, manutenção, seguros, entre outros itens.

Na área de segurança, destaque para os airbags frontais para todos os ocupantes, ABS – sistema de frenagem antibloqueio, EBDF repartidor eletrônico de frenagem, AFU – assistência a frenagem de emergência, ASR – antipatinagem das rodas, CDS – controle dinâmico de estabilidade e hill assist – auxilio de partida em rampa  

Fiat Professional –

Se no lançamento do Scudo, com pré-vendas já iniciadas, é importante na estratégia da Fiat de liderar a área de furgões de distribuição, é fundamental a criação da Fiat Professional, com mais de 200 pontos de rendimentos exclusivos espalhados por todo o Brasil. E o Scudo terá suas vendas diretamente neste locais preparados para atender aos profissionais de transportes.

Foram treinadas e preparadas as equipes para atendimento especializado, capacitadas para dar consultoria e oferecer soluções aos clientes. Mais ainda: atendimento prioritário para estes produtos que precisam ter a máxima disponibilidade.

O Fiat Professional – que já existe há muitos anos na Itália – tem como principal característica o atendimento exclusivo aos profissionais de transportes interessados em atendimento especializado para atender as suas dúvidas, mas principalmente para serviços rápidos.

Nova geração Ducato –

“Nos próximos meses, no máximo três, chegará a nova geração da Ducato, lançada no ano passado na Europa. Como a Fiorino foi reformulada no ano passado, teremos toda a linha de furgões atualizada”, comenta Zola.

A tradicional Ducato completou 40 anos e tem a liderança de vendas no mercado europeu. E para atender as demandas dos clientes também colocou no mercado a versão elétrica. Existem boas expectativas que o eletrificado também venha para o mercado brasileiro tal como aconteceu com o Scudo. Faltam alternativas para os transportadores produtos com maior pegada ecológica, principalmente para distribuição nas grandes cidades.

Se na versão europeia, recém-lançada, tem muitas inovações tecnológicas, existem poucas alterações no visual externo. La existem quatro versões de motorização, 120, 140, 160 e 180 cv adequados para equipar as diferentes versões e aplicações do veículo. Para o mercado brasileiro, no entanto, não deverão existir tantas alternativas.

Karoline Jones A nova geração da Ducato, lançada ano passado na Europa, vem para o Brasil (Divulgação)
Por